quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Edgar Alan Poe e a Matemática


No dia 19 de Janeiro comemoraram-se os 2oo anos do nascimento do escritor Edgar Alan Poe. A sua curta e atribulada vida ( morreu em 1849) foi suficiente para legar uma importante obra no domínio do conto fantástico e da poesia, classificada como "literatura gótica"

"Questiono a eficiência, logo o valor, do raciocínio que é cultivado de qualquer forma particular que não seja a lógica abstracta. Questiono em especial o raciocínio originado pelo estudo matemático. A matemática é a ciência da forma e da quantidade; o raciocínio matemático é simplesmente a lógica aplicada à observação da forma e da quantidade. O grande erro reside na suposição de que mesmo as verdades do que é chamado de álgebra pura são verdades abstratas ou gerais. E esse erro é tão óbvio que fico espantado com sua aceitação universal. Os aximoas matemáticos não são axiomas de verdade geral. O que é uma verdade de relação é muitas vezes grosseiramente falso quanto à moral, por exemplo. Nessa última ciência, é muito comumente não-verdadeiro que a soma das partes deja igual ao todo."
Edgar Alan Poe, A Carta Roubada
Saber mais sobre Poe aqui

Uma animação feita pelo genial Tim Burton que relata a vida de um rapazinho, Vincent, obcecado pela obra de Poe e pelo poema "O corvo"  (aqui uma tradução de Pessoa)

3 comentários:

Funes, o memorioso disse...

Matemática e literatura: que prazer passar por aqui!
Obrigado.

Matematica na Cidadela disse...

Solidária!...

Quando puder passe pelo meu blog... tem lá um miminho para levantar.
Gosto muito de visitar o seu blog, é um prazer!
Um abraço,
Margarida

Francisco disse...

espetacular!

Related Posts with Thumbnails